Meditação do dia 1 de Fevereiro

01-02-2024

Dificuldades
 

"Sentíamo-nos diferentes ... Só depois de nos entregarmos é que conseguiremos ultrapassar a loucura da adicção.". "Mas vocês não percebem!", gaguejávamos, tentando disfarçar. "Eu sou diferente! Eu estou mesmo com problemas!" Dissemos isto vezes sem conta durante a nossa adicção activa, quer fosse para tentar escapar às consequências das nossas acções, quer fosse para evitar seguir as regras que se aplicavam a toda a gente. Talvez tenhamos falado assim na nossa primeira reunião. Talvez até tenhamos dado por nós a lamentar-nos assim recentemente. Muitos de nós sentem-se diferentes ou únicos. Como adictos, podemos utilizar quase tudo para nos isolarmos, mas não há desculpas para fugirmos da recuperação. Não há nada que possa incapacitar-nos para o programa - nem uma doença perigosa, nem a pobreza, nada. Existem milhares de adictos que encontraram recuperação apesar das dificuldades que enfrentaram. Ao praticarem o programa, a sua consciência espiritual aumentou, apesar dessas dificuldades, ou como resposta a elas. As circunstâncias e as diferenças de cada indivíduo são irrelevantes quando se trata de recuperação. Ao deixarmos de achar que somos únicos e ao rendermo-nos a este simples modo de vida, mais tarde ou mais cedo iremos descobrir que nos sentimos parte de algo. E sentirmo-nos parte de algo dá-nos a força para caminhar pela vida, com dificuldades e tudo.                                      SÓ POR HOJE: Vou deixar de achar que sou único e vou abraçar os princípios de recuperação que tenho em comum com tantos outros. As minhas dificuldades não me excluem da recuperação, pelo contrário, atraem-me para ela.