Meditação do dia 12 de Março

12-03-2024

Quebrar a rotina


"Muitas vezes em recuperação os velhos fantasmas ainda nos perseguem. A vida pode voltar a ser monótona, aborrecida e sem sentido".

Às vezes sentimo-nos como se nada tivesse mudado. Levantamo-nos e vamos para o mesmo emprego todos os dias. Jantamos às mesmas horas todas as noites. Vamos às mesmas reuniões todas as semanas. Os rituais de hoje de manhã foram iguais aos de ontem, aos de anteontem, aos de antes-de-anteontem. Depois do inferno da nossa adicção e do turbilhão do início de recuperação, uma vida estável poderá seduzir-nos durante uns tempos. Mas chegamos a um ponto em que vemos que queremos algo mais. Mais cedo ou mais tarde desinteressamo-nos das nossas vidas, cada vez mais monótonas e chatas. Haverá com certeza alturas em que nos sentimos vagamente insatisfeitos com a nossa recuperação.      Sentimo-nos, por alguma razão, como se estivéssemos a perder alguma coisa, mas não sabemos bem o quê, nem porquê.                                Escrevemos uma "lista de gratidão" e encontramos centenas de coisas pelas quais estamos gratos. Todas as nossas necessidades estão a ser satisfeitas; as nossas vidas estão mais preenchidas do que alguma vez esperámos que estivessem. 0 que é que se passa, então? Talvez seja altura de usarmos o nosso potencial até ao limite máximo. As nossas possibilidades são apenas limitadas pela nossa capacidade de sonhar. Podemos aprender algo novo, colocarmos novos objectivos, ajudar outro recém-chegado, ou fazer um novo amigo. Se procurarmos bem iremos, com certeza, encontrar um desafio qualquer que irá preencher de novo a nossa vida, tomando-a variada e dando-lhe sentido.                                        SÓ POR HOJE: Vou fazer um intervalo na minha rotina e vou usar o meu potencial até ao limite máximo.