Meditação do dia 13 de Fevereiro

13-02-2024

As forças que unem


"Tudo correrá bem sempre que as forças que nos unem sejam maiores do que as que tentam separar-nos."

Muitos de nós sentem que sem JA teriam certamente morrido da nossa doença. Por isso, a sua existência é o nosso cordão de segurança. No entanto, a desunião é um facto ocasional da vida de Jogadores Anónimos; devemos aprender a responder de uma forma construtiva às influências destrutivas que por vezes surgem na nossa irmandade. Se decidirmos ser uma parte da solução, em vez de sermos parte do problema, estaremos então a seguir a direcção certa. A nossa recuperação pessoal e o crescimento de JA são proporcionais à manutenção de um ambiente de recuperação nas nossas reuniões. Será que estamos dispostos a ajudar o nosso grupo a lidar construtivamente com um conflito? Será que, como membros de um grupo, esforçamo-nos para ultrapassar as dificuldades aberta e honestamente, e com justiça? Será que procuramos promover o bem-estar comum de todos os membros em vez do nosso próprio bem-estar? E, como servidores de confiança, será que tomamos em consideração o efeito que as nossas acções podem ter nos recém-chegados? O serviço pode fazer emergir tanto o melhor como o pior em nós. Mas é geralmente através do serviço que começamos a entrar em contacto com os nossos defeitos de carácter mais fortes. Será que evitamos compromissos de serviço em vez de enfrentarmos aquilo que possamos descobrir sobre nós próprios? Se tivermos em mente a força dos laços que nos unem - a nossa recuperação da adicção activa - tudo irá correr bem.                        SÓ POR HOJE: Vou esforçar-me por servir a nossa irmandade. Não vou ter medo de descobrir quem sou.