Meditação do dia 13 de Janeiro

13-01-2024

MEDITAÇÃO DO DIA

13 de Janeiro

Render para vencer

A ajuda só começa quando somos capazes de admitir a derrota total. "

Derrota total - mas que conceito! Isso deve significar rendição. Rendição - desistir completamente. Desistir sem reservas. Baixar os braços e desistir de lutar. Talvez seja pormos a mão no ar na primeira reunião e admitirmos que somos aditos. Como é que sabemos que fizemos o Primeiro Passo, que irá permitir-nos viver sem jogo? Sabemos porque, uma vez dado esse passo gigantesco, nunca mais temos de voltar a jogar outra vez - só por hoje. É isso; não é fácil, mas é muito simples. Trabalhamos o Primeiro Passo. Aceitamos que, sim, somos aditos. "Uma é demais e mil nunca são suficientes". Provámos isso a nós mesmos, vezes suficientes. Admitimos que não conseguimos lidar com o jogo de nenhuma forma. Admitimos e, se for preciso, dizemo-lo bem alto. Admitimos o Primeiro Passo no princípio do dia. Por um dia. Essa admissão liberta-nos, só por hoje, da necessidade de viver a nossa adição de novo. Rendemo-nos a esta doença. Entregamos. Desistimos. Mas ao desistirmos, vencemos. E é esse o paradoxo do Primeiro Passo: rendemo-nos para vencer, e através da rendição conquistamos um poder muito maior do que alguma vez imaginámos possível.

SÓ POR HOJE: Admito que sou impotente perante a minha adição. Vou render-me para vencer.