Meditação do dia 6 de Janeiro

06-01-2024

MEDITAÇÃO DO DIA

6 de Janeiro

"Como é que isto resulta?"

"Eu costumava achar que tinha todas as respostas, mas hoje estou contente por não as ter. "

Quais são as duas palavras favoritas da maioria dos aditos? "Eu sei!" Infelizmente, muitos de nós chegaram a jogadores anónimos convencidos de que tinham todas as respostas. Sabemos muito daquilo que está errado connosco. Mas por si só, a sabedoria nunca nos ajudou a mantermo-nos limpos por qualquer período de tempo. Os membros que já estão aqui há mais tempo serão os primeiros a admitir que, quanto mais avançam em recuperação, mais têm para aprender. Mas há uma coisa que eles sabem: ao seguirem este simples programa de Doze Passos, têm sido capazes de se manter limpos. Eles já não perguntam "porquê"; perguntam "como". O valor de infinitas especulações dilui-se perante a experiência de aditos que encontraram uma forma de ficarem limpos e de viverem limpos. Isto não significa que não perguntemos "porquê" sempre que seja apropriado. Não parámos de pensar, lá porque chegámos a jogadores anónimos! Mas a princípio é uma boa ideia reformularmos as nossas perguntas. Em vez de perguntarmos "porquê", perguntamos "como". "Como é que trabalho este passo?". "Como é que devo partilhar nas reuniões?" "Como é que me mantenho limpo?"

SÓ POR HOJE: Eu não tenho todas as respostas, mas sei onde encontrar as que são importantes. Hoje, vou perguntar a outro adito, "Como é que isto resulta?"